Por um lado ando optimista...

Ando ultimamente optimista. Sei que a conjuntura actual não é a mais favorável a optimismos, afinal caminhamos para uma forte recessão económica. No entanto como em qualquer crise, existem inumeras oportunidades para melhorar a nossa vida.
E esta crise poderá vir a modificar brutalmente a nossa forma de viver. Este facto deriva do centro da crise: a energia. No ultimo seculo toda a nossa expansão foi sustentada em formas de energia baratas, que permitiu a introdução de muitas tecnologias que por sua vez revolucionaram literalmente a nossa vida e a nossa sociedade.
Só que a nossa principal fonte de energia tinha problemas associados: era concentrada e escassa. Isto fez com que verdadeiros impérios fossem erguidos e que os detentores da fonte de energia fosse muito poderoso.
Ora no inicio deste seculo começa realente a escassear a fonte de energia e com esse facto o grande beneficio que tinhamos (energia barata) evapora-se. No entanto dado o desenvolvimento trazido pelo seculo passado hoje começamos a ter alternativas e essas alternativas poderão trazer grandes beneficios e permitir uma nova revolução.
As energias renováveis, são na sua essencia, mais distribuidas e mais "democráticas", farão com que cada um de nós possa produzir a sua própria energia e fará com que acabem as relações de dependência que tantos problemas trouxeram ao mundo. São também menos poluidoras e esse é um ganho per si. E como não se esgotam existirá sempre oferta para manter os preços baixos, libertando mais recursos para outras actividades.
Esse futuro ainda não é hoje, mas é hoje que se começa a desenhar esse futuro, e parece-me um futuro melhor que o presente actual!

4 comentários:

Luis disse...

Subscrevo inteiramente o post. Pena que tenhamos que ser nós a aguentar a trovoada. Mas enfim, já houve alturas bem piores na História.

Luis disse...

Pode realmente ser um começo de uma nova era. Sem os Warlords do petróleo, parece-me que o ar fica mais respiravel em todos os aspectos. Resta saber se ainda cá estarei para ver esse admiravel mundo novo...

Off-topic :
Aquele caturo é mesmo ca´burro, não sei como ainda perde tempo com gente daquela. Uma coisa é espingardar com os fiéis inimigos ( alguns ), outra completamente diferente é dar tempo de antena a racistas imbecis.

Stran_ger disse...

Bem já estou a ficar habituado, tem sido assim ao longo da nossa vida.
Vai ser dificil mas interessante de viver.

No entanto uma parte de mim também está pessimista mas isso será tema do artigo amanhã.

Stran_ger disse...

"Aquele caturo é mesmo ca´burro, não sei como ainda perde tempo com gente daquela. Uma coisa é espingardar com os fiéis inimigos ( alguns ), outra completamente diferente é dar tempo de antena a racistas imbecis."

Tenho de admitir que uma parte de mim é masoquista. Mas principalmente para aprender um pouco, pois para mim é inconcebivel que em pleno sec. XXI ainda se pense dessa maneira. E como parece-me que corremos o risco deste tipo de mentalidade se alastrar um pouco é bom preparar-me para saber como eles pensam e como contornam incongruências proprias daquela mentalidade.

No entanto, e embora simpatize mais com uns do que com outros, não é comparável um Caturo aos fieis inimigos, justiça seja feito.