Pensar um pouco...

Acredito que vivemos uma época em que a sociedade para pouco tempo para pensar. Os Tugas nesse aspecto estão na vanguarda deste movimento. Ninguém se questiona sobre o que existe à volta e se, o que damos como natural nos tempos actuais, vai perdurar para sempre. Quando vejo pessoas a votar em Salazar sinto uma grande revolta em mim. "Mas não têm expressão nenhuma" dizem-me algumas pessoas "Tem expressão demais" respondo eu.

Além disso o branqueamento que se faz não é saudável. Quase não há discussão nenhuma na blogoesfera sobre este assunto, como que existisse uma resistência a pensar nos motivos de tal voto e pior na inconsciência do mesmo. Tenta-se desculpar com afirmações do género: "foi um voto de protesto" Mas que raio de protesto justifica um voto em tal pessoa(s). É que nem a dispersão de votos é desculpa pois 60% dos votos foram em quem não defende um verdadeira democracia.

Leva-me a pensar um pouco: "Será que a democracia neste país está assim tão sólida?"

3 comentários:

A Tasca do Teixeira ® disse...

Desde a vitória no concurso por parte do ditador que tenho ficado chocado com algumas opiniões de alguns conhecidos e amigos. Se antes pareciam apolíticos agora falam deste fascista como se ele fosse deus na terra.

Existe muita gente com amnésia ou no mínimo com uma descarada hipocrisia silênciosa.

Um escandalo que se deixe um canal público lavar a porcaria de um salazarismo bafiento.

O concurso da rtp foi um crime mas ao mesmo tempo um levantar das pedras que parece servir de morada a muita gentinha.

Um abraço
[[]]

Stran_ger disse...

Excelente comentário. Por acaso, na minha opinião até foi bom ter existido este concurso pois até ao momento a opinião de muitas pessoas estava algo escondida como dizias (embora tenho sentido que nos últimos tempos menos). É um dos problemas de não se falar do nosso passado recente.

Aliás um habito que não morreu pois quando se dá uma volta por blogs de referência a maior parte não faz grande referência a este assunto (assobia para o lado como que não fosse importante) e isso é um erro mortal pois permite cultivar (sem nos darmos conta) a opinião de que a época de Salazar até não foi muito mau.

Memorias de um PIDE disse...

O regime de Salazar e Caetano estavam "pôdres" pois o investimento estrangeiro não fluia por causa da guerra colonial e então o único meio sugerido pelosinetresses dos EUA via Embaixada de Lisboa - Carlluci - foi a que era preciso mudar o "template" e fazer rapidamente uma "democracia". A independência das colónias - especialmente Angola permitiria a exploração petrolifera em cheio (o que estava muito limitada até então.
O negócio das nacionalizações permitia mais tarde (pouco mais) fazer chorudos negócio em que o ouro arrecada pelo desgraçado do economicista Oliveira Salazar, podia fluir para as indemnizações aos latifundiários" vitimas da Reforma Agrária, aos banqueiros Mello, Espirito Santo e co. enfim, seria uma festa capitalista.

O desgraçado do Spinola aguentaria os revolucionários(então genuinos) e depois corria -se com todos e reformulava -se o Estado e a Economia. Aos revolucionários, ou aceitavam "um biscoito e uma reforma choruda" ou iam opara a cadeia.

Assim chegou -se aos nossos dias.

Não acho que a "reabilitação pública do paranoico do Oliveira Salazar" seja tão casual como se pensa.

Há que criar no Povo um sentimento de que é necessário paz e segurança, que a desenvolvimento avance. O Salazr foi o apóstolo do sacrfício do Povo quer pela pobreza emn que os lançou (escravidão capitalista) como da repressão policial que controlava o Estado.

O retorno da situação pode estar para acontecer e a repressão, pobreza, podem existir em "democracia".

Vejam as familias dominantes do regime de Salazar e vejam os filhos e netos a ocupar os pontos chave da nossa economia e governação. Vejam quem são os deputados, os orgãos das Ordem Corporativistas de Médicos, Advogados, Engenheiros... etc.

Façam depois a V. conclusão e juizo...