É crime, Estúpido!

Este é o grito que quero deixar aos "nacionalistas" que ainda não entenderam que uma mensagem com apelo ao Ódio Racial não é liberdade de expressão.

Muito honestamente eu não sei quem eles querem tentar iludir (acho que até uma criança de três anos compreende), quando se intitulam presos politicos, ou que são proibidos de falar o que querem. É que eles ainda não entenderam que é um CRIME (ponho em bold para ver se fica impresso no inconsciente deles)! Todos os cidadãos portugueses não podem apoiar actividades que estão fora da lei. Qualquer mensagem que incite à violência (qualquer tipo de violência) é CRIME! E porquê? Porque a preservação da nossa integridade fisica é um direito/valor que nos assiste desde que nascemos. Por isso mensagens como "morte aos pretos!" é um CRIME, não é liberdade de expressão!
Por isso se não entenderam porque é que o incentivo ao ódio racial não é liberdade de expressão eu volto a repetir: é porque

É CRIME, ESTÚPIDO!!!!

5 comentários:

A Tasca do Teixeira ® disse...

Leio todos os posts e subscrevo-os na integra. Cada vez melhor este espaço Tuga!

Abraço
[[]]

Memorias de um PIDE disse...

Junta a minha á tua voz!

Stran_ger disse...

Muito obrigado pelas palavras e também pela vossa leitura. É sempre bom ter feedback e ainda melhor quando é positivo.

Pantera disse...

Por isso mensagens como "morte aos pretos!" é um CRIME, não é liberdade de expressão!
Neste caso concordo, mas é preciso perceber, que muitas vezes as pessoas são detidas apenas porque dizem que a imigração é problemática, ou "alto à invasão", ou "existe muitos negros no martin moniz, enfim pequenos termos que resultam na queixa crime. Isso é injusto!

um abraço

Stran_ger disse...

Mas Pantera, tens que ver que os visados quando dizes "alto à invasão" podem se sentir lesados. Depois compete ao tribunal saber se existe ou não motivo (e acredito que na maior parte das vezes não é sentenciado apenas por essa afirmação), no caso de "existem muitos negros no Martim Moniz" é idêntico, embora eu pessoalmente considero mais ofensiva. Por exemplo nunca respondia (ou seja, ignorava) se alguém que eu não conhecia me chamava de pula.
Mas essas são frases menores, que a meu ver uma pessoa acaba por ignorar.

Agora uma coisa que eu acho que o movimento nacionalista tem de entender é que quando se fala de imigração estamos a falar de pessoas, daí eu achar que algumas mensagens deveriam ser mais cuidadas. Por exemplo, ninguém vai preso, se defender que as fronteiras devem ser fechadas se o fizerem sem ser ofensivas.

Mas o que eu digo aos nacionalistas, também é valido para mim quando falo dos nacionalistas. Devo confessar que já tive algumas discussões noutros blogs em que tive de me controlar para não partir para o insulto e a ofensa, mas sei se tiver uma atitude dessas apenas estou a descer ao nível deles.

Aliás um dos motivos que te convidei para comentar o post é porque, do pouco que conheço de ti, és um exemplo que os nacionalistas deveriam seguir se querem ter mais apoiantes e serem ouvidos.

Acredito que a melhor maneira de combater radicalismos é dar voz aos que conseguem manter uma posição racional (desculpa este termo mas não consegui arranjar melhor para transmitir a minha ideia) e com quem se pode ter uma discussão frutuosa.